17 de outubro de 2008

Destruir depois de ler

Ontem fui ver "Burn after reading", ou seja, "Destruir depois de ler", o último filme dos irmãos Cohen. Vi numa das salas do Alegro, que não pertence nem à Warner, nem à Castello-Lopes, nem mesmo à UCI. A sala, embora pequena, era fantástica, pois os lugares eram bastante inclinados. As pipocas é que não eram fantásticas, mas pronto.

Quanto ao filme, achei que o início era pouco estimulante. Parecia mastigar um bocado. Foi um pouco como um motor a aquecer, porque, de repente, foi por ali fora e já nada o parava. E aí sim, foi muito bom e divertido, com um humor extremamente inteligente.

George Clooney esteve ok, mas Brad Pitt esteve muito bem. Acho que já deu mais que provas que é um óptimo actor. E o papel que ele faz aqui é de morrer a rir e está perfeito para ele, com aquela cara de menino bonito americano. 

Resumindo: Vão ver e levem pipocas para o início, porque depois é só rir.

3 comentários:

disse...

Os irmãos Coehen sempre fizeram grandes filmes. Este ano dominaram os Óscares...
Beijocas,
alfa1

Deusa disse...

Este filme não é dos melhores dos irmãos. By far. Tem alguns papeis lindos - Brad Pitt, mas também o George Clooney, e a Frances McDormand sempre convencida que o novo corpo de "tunning" ia ajuda-lá encontrar a cara-metade e não conseguindo ver o amor incondicional ao lado dela...enfim. O fim é que surpreendeu. E a prenda-surpresa feita por personagem do George Clooney. LOL. Mas faltou lá qualquer coisa para fazer jús o nome e os vários prémios dos irmãos.

Butterflyfairy disse...

Eu gostei!!
...o mundo é uma ervilha