13 de fevereiro de 2009

Sugestões Dia dos Namorados

Muitos são os que defendem, e com razão, que este dia, apesar da sua celebração ser recente no nosso país, é apenas um pretexto arranjado pelos comerciantes para se gastar dinheiro. Não digo que não, mas a verdade é que sabe muito bem este dia extra-romântico e extra-spicy. Não é preciso gastarem muito dinheiro. Ainda mais nos tempos que correm. E provavelmente se fizerem (souberem e puderem) uma prenda personalizada, será mais barato e terá mais valor. E digam as meninas o que disserem, se eles se esquecerem, provavelmente vão ficar um pouco tristinhas ou desiludidas.

Às vezes uma simples flor, e não um arranjo, já faz a diferença.

Claro que não há grande pachorra para os coraçõezinhos e ursinhos que andam à nossa volta em excesso, principalmente se não temos com quem partilhar o dia, por isso aqui ficam algumas sugestões do que fazer ou dar amanhã.

Eu, por exemplo, resolvi oferecer a mim mesma um iPod Nano, com uma inscrição atrás. Acho que mereço, e pensei "Ora bolas. Dias não são noites". Comprei online na segunda à noite, e na quarta à tarde estava a ser entregue em minha casa. No entanto, só vou abrir a encomenda amanhã. Às vezes ofereço flores a mim mesma, mas sendo o Dia de S. Valentim num sábado este ano, não fazia muito sentido, e actualmente ainda não estou preparada para comprar tulipas.

Podem também celebrar o dia de amanhã com um jantar com amigas/amigos, comprometidos ou não. O que importa é passarem o dia com pessoas de quem realmente gostam.

A mim já me aconteceu ir jantar fora com uma amiga minha nesse dia, e todos os casais à nossa volta olhavam para nós. Como se não pertencessemos ali. Muito estranho. Uma outra vez fui eu, mais 3 amigas nesse dia jantar a um japonês. Deviam pensar que eramos 2 pares de lésbicas, ou assim, e trataram-nos abaixo de cão. Ao ponto de eu e uma das minhas amigas irmos embora sem pagar. Infelizmente, as outras duas tó-tós, porque não têm outro nome, tiveram medo e puseram-se à frente da caixa registadora, onde ainda esparamos mais de 10 minutos para "podermos" pagar.

Mas nem sempre foi assim. Vamos ver como corre este ano. E mimem quem mais amam. Mimem-se.

1 comentário:

Irina Duarte Silva disse...

O anúncio do leite matinal tem, para mim, a frase mais importante de sempre: se eu não gostar de mim quem gostará?
Demorei anos a levar isto à letra... sofri, sofri e sofri sempre a perguntar-me porque é que não tinha sorte ao amor.
Hoje sei que tudo o que vivi foi para me trazer até aqui.
Acredita que 2009 vai ser um ano em grande
beijos