19 de julho de 2009

O Deus da Matança - The Review

Graças ao passatempo em http://canelaehortela.com, ganhei um convite duplo para ver O Deus da Matança no Teatro Aberto.

Os bilhetes eram para, nada mais, nada menos, a segunda fila e ao centro.

A peça foi fantástica. Durou 1H20min que passaram a correr. Os actores estiveram muitíssimo bem e, apesar do tema ser tão sério, a verdade é que um comportamento em que o verniz social estala, e revela a verdadeira essência humana, só nos dá vontade de rir. Muitas foram as gargalhadas que os actores conseguiram de uma sala quase cheia.

Devo dizer que a actriz Joana Seixas estava lindíssima, com um guarda-roupa fantástico, da cabeça aos pés.

A peça foi tão bem representada que, por várias vezes, a actriz Sofia Portugal vomitava, e eu não faço ideia onde, nem quando ela metia os líquidos e suposto vómito que mais tarde a viríamos deitar fora num timing perfeito. E da primeira vez, por pouco não levei com o referido vómito na cara, tão próxima estava da boca do palco, mas por algum motivo eles são profissionais ;)

Resumindo e baralhando: não percam. Dá que pensar, devido ao seu conteúdo, e ao mesmo tempo dispõem bem.

1 comentário:

disse...

A não perder: Piaf, de La Féria; para quem gosta de cabaret...

beijocas,
alfa1