19 de outubro de 2009

O fenómeno do emigrante

Por estas alturas do ano, seria de pensar que já não existiam emigrantes loucos em Portugal. Pois não é bem assim.

Ontem fui jantar com a minha última surfista do CS (CouchSurfing) à Expo, e demos por lá uma volta. Passamos pelo pequeno parque musical e, claro, fui logo atraída para lá para experimentar, mais uma vez, todas as pedra, pratos, etc., bem como a minha visita. Como seria de esperar, não estava lá mais ninguém.

Começamos na palhaçada, e passou uma família por nós. O filho, um rapaz de uns 10 anos, tal como nós, também se sentiu atraído pelo parque, e pelo som que fazíamos. Chamou a atenção da mãe... Em português.

Eu ia falando em inglês com a minha visita, como seria de esperar, e talvez por isso, a mãe do rapazinho começou a falar em inglês, com um forte sotaque português.

Entretanto apareceu também, quem julgo ser, o tio. Este falou em português com a mãe do rapaz, que lhe respondeu em inglês, e como tal, o tio passou a falar com ela em inglês também.

Nem eu nem a minha visita estávamos a acreditar no que se passava. Só nos riamos.

Por isso, se alguém souber explicar este fenómeno, queiram fazer o favor de o explicar neste blog.

Deveras grata.

1 comentário:

Irremediavelmente Inconformado disse...

show off!?

ja reparaste q todos os portuguesas falam "um bocadinho" de ingles?
esta foi uma observação feita por uma cser q tive cá em casa ha umas semanas...