25 de outubro de 2007

Guillermo Filho da P*** Vargas


Não há palavras para descrever a falta de humanidade de Guillermo Vargas. Esta criatura costa-riquenha achou por bem apanhar um cão vadio, esquelético e doente, da rua, prendê-lo com uma corda num canto da galeria onde expunha a sua "arte", escrever com biscoitos de cão na parede "És o que lês", e deixar o animal morrer à fome e à sede, perante a impassividade dos vistantes. COmo se não bastasse, o ar era inundado pelo cheiro de crack e marijuana!!!

A todos, gostaria de solicitar que assinassem a petição
http://www.petitiononline.com/13031953/ contra a exposição desta criatura.

Podem ler a notícia em detalhe na última página do jornal Público de hoje, e verificar a autenticidade da notícia em http://www.marcaacme.com/blogs/analog/index.php/2007/08/22/5_piezas_de_habacuc
Aconselho a todos a lerem a notícia e informação relevante posteriormente emitida em http://abarrigadeumarquitecto.blogspot.com/

1 comentário:

Butterflyfairy disse...

Já tinha visto o post no "a barriga de um arquitecto"....e...sem palavras :(