6 de abril de 2009

Uma viagem ao centro da nossa capital - Parte 3

Quando saí da dentista ainda não tinha almoçado, e fui a um dos café/pastelaria/restaurante manhosos que existem na Alexandre Herculano.

A qualidade do serviço, empregados e comida daqueles dois cafés/pastelaria/restaurantes específicos sempre me deixou indignada, pois encontram-se em pleno coração de Lisboa, onde estão hospedados e circulam tantos turístas. Se tiverem fome, os locais onde se pode comer por um preço razoável são manhosos, ranhosos e outras coisas mais acabadas em "osos" - mas não gostosos.

Lá me dirigi áquele que não tem o dono tarado e ordinário, e reconheci algumas caras, mas não a do empregado que me atendeu. Era um senhor já com uma certa idade que, nitidamente, era novo no serviço, pois fazia tudo com uma grande calma, certificou-se duas vezes que me tinha dado a conta correcta, e imprimiu logo factura.

São estes os sinais dos tempos.

1 comentário:

Cindy disse...

Infelizmente é assim...

Beijokas!