24 de junho de 2009

Diário de uma operação - Dia 3

Hoje quando liguei para a UCI perguntaram-me se queria falar com ele. Passaram-lhe o telefone.

Estava com uma voz óptima, arrebitada. Já não tem tubos, com excepção dos drenos que tiram no final do dia quando for para um quarto particular, onde vai ficar entre 5 a 7 dias.

Ainda não o sentaram, e parece que é quando se está sentado que se sentem algumas dores, segundo quem passou pela experiência me informou.

Não teve infecções nem febres, pelo que está a ter uma excelente recuperação. Já está tudo funcional, e provavelmente amanhã já vai poder mastigar comida, o que não faz desde domingo à noite.

Imagino que já ande a dizer piadinhas e a meter-se com as enfermeiras na brincadeira.

Agora, a partir daqui é sempre a melhorar!

3 comentários:

gui.tattoo disse...

e não era de esperar outra coisa, pois não ?
Gente boa merece o melhor... e o que há melhor que a vida com saúde ?
Continuação de melhoras ;)

aUgUrIuM disse...

é isso mesmo Ana: A partir de agora é sempre a melhorar!!!
Boa recuperação para o teu pai. Tens de o encher de miminhos...
Beijos

Irina Gomes Duarte Silva disse...

Num instantinho está cá fora!