16 de junho de 2009

Reflexões após 1 ano

Como já fiz questão de dizer umas 3 vezes, ontem fiz 31 anos, e muito em mim mudou desde que fiz 30. Tornei-me mulher com "M" grande. Aprendi um amor diferente, aprendi a aceitar o seu fim, aprendi a estar bem comigo mesma, aprendi a dar menos importância às "merdices" do dia-a-dia. Aprendi a não dar tanto, e que assim recebia mais em troca. Aprendi a aceitar as coisas como são, sem me tornar conformista. Aprendi a deixar para trás o que teve importância noutra fase da minha vida, mas agora não.

Evolui. Amadureci. Ao deixar o que já não faz sentido para trás, abro janelas que me trazem pessoas novas, e mais e melhor energia de outros que já fazem parte da minha vida.

Percebi quem realmente se preocupa comigo, e quem não.

Ao contrário de todos os outros anos, em que anunciava os meus anos com um mês de antecedência, e 10 dias antes começava contagem decrescentes, este ano não me sentia motivada, e sentia-me muito afastada dos meus amigos. Por esse motivo, só hoje estou a celebrar, tendo deixado, como é hábito, a celebração do dia 15 para a família. Sem avisar niguém, recebi este ano mais telefonemas de parabéns do que em qualquer outro ano. Dos habituais, dos nacionais, dos estrangeiros, e mesmo de quem normalmente se engana sempre na data ou se esquece. E não estou chateada com quem se esqueceu, ao contrário de antigamente.

Ainda nos feriados, eu estava em baixo, pois ia com a minha família para a minha amada Tavira, em vez de ir com amigos, ou até mesmo namorado. Não me incomodava ir sozinha para a praia, mas à noite gosto de sair. A verdade é que, a caminho da praia (literalmente) fiz uma amiga. E mesmo ela estando lá em baixo, e só me conhecendo há uns 3 dias, deu-me os parabéns e combinava coisas comigo para todo o lado.

A verdade é que comecei a ficar cheia de energia positiva, mas não da GALP, e fui tão acarinhada e amada ontem, por mim (com massagem e outras delícias) e pelos outros, que já me sinto com vontade de festejar no sábado. Mas mais uma vez vou levar as coisas nas calmas.

E esta sou eu. Um ano depois dos 30.

4 comentários:

Butterflyfairy disse...

Fico muito feliz e “orgulhosa” pelo que escreves.
É importante termos consciência que muitas vezes temos de largar o velho, para dar lugar ao novo...é importante sermos fiéis a nós mesmos.

Eu também estou a trabalhar uma dessas partes em mim...o não me alimentar da vida dos outros... o deixar andar...não fazer as coisas à espera de receber (mesmo achando que não o faço) algo em troca...enfim, viver mais a minha vida e a minha verdade...e sabes?! acho que o facto de o estar a trabalhar isto em mim fez com que tb tu o estivesses a fazer…

O teu EGO também está a ser trabalhado...uiii.

É sempre bom escrevermos sobre nós. Tomamos consciência e integramos ;)

Bjos doces amiga

Cindy disse...

Que bom, bom mesmo!!

parabéns por esta nova etapa!

Uma beijoca boa, cheia de energia positiva!!

Deusa disse...

Ehh, ontém escrevi o meu comentário para este post e estava tão contente por ser a primeira, mas afinal nem apareceu! Queria dizer parabéns por teres entrado à uma nova era. Sinto o mesmo! Realmente, é nos 30 que a vida começa! Estamos a ficar adultas, algo que outrorá pareceu uma fase aborrecida até, mas que de facto traz paz, mais tolerância para com os outros e connosco. É maravilhoso! Parabéns, amiga! E muitos beijos. Sábado lá estarei, já sabes!

BlueLuna disse...

Que verdades foram escritas. É bonito, sentirmos as transfromações em nós e mais bonito ainda, assumirmos as mesmas sem complexos nem dores de Alma!
A viragem em mim, a verdadeira mudança ocorreu também a partir dos 31.
Penso, cada vez mais, que a viragem dá-se aos 31 e não aos 30 como muitos referem.

O mais importante na vida Ana, é estarmos bem connosco, com a nossa Alma e Espirito! Não esperarmos dos outros, o mesmo que lhes damos. As pessoas são diferentes e não podemos querer que mudem exclusivamente para nós. Temos de aceitá-las tal como são! Se assim não fosse, não seriam nossas amigas nem fariam parte da nossa vida! :)
Parabéns pela tua tomada de consciência!! Espero que sejas muito Feliz.

beijinhos