7 de junho de 2009

Uma visita por Lisboa à noite - Parte 2



Segui até ao Largo do Camões para visitar um dos Quiosques da Catarina Portas, que recuperou bebidas portuguesas antigas, como o capilé, entre outras coisas. Está muito giro e com bom ambiente. A rapariga que me atendeu era portuguesa (graças a Deus!) e muito simpática. À minha frente apresentaram-se mini-patéis de nata, mini-queijadinhas de Sintra e mini-trouxas de Sintra, a 50 cêntimos cada. Comi uma mini-queijadinha que me levou às nuvens. Também tinham das normais, e vendiam à unidade ou conjunto de 6. 



Vendiam também ginginha entre tantas outras coisas deliciosas.

Dali segui para o Café Chiado, ao lado do Teatro do Chiado, entre o S. Luiz e S. Carlos, onde bebi na esplanada um belíssimo chá de 4 frutos vermelhos e um scone que, embora quente, não recomendo, pois mais parecia um bolo. Mas tudo bem.

Terminei a noite em grande no Bicaense, e com o barulho das luzes, nem se sentia o vento frio. Uma noite muito agradável.

1 comentário:

Cindy disse...

O que eu adoro queijadas e ginjinha!!!

Eu cresci junto a um restaurante que vendia doces tradicionais e em minha casa nunca faltou queijadas, pão-de-ló, barrigas de freira, pasteis de tentugal, etc... mas as queijadas deixaram-me muitas saudades e há pouco tempo encontrei-as aqui numa pastelaria!! ui, que delicia!!

Beijocas e boa semana!!
Ah! o documentário HOME foi espectacular!! consegui ver na 6ª e no sabado à tarde a repetição!!

Mais beijocas