25 de fevereiro de 2010

A maldade das pessoas não tem limite

Hoje recebi um e-mail, no mínimo, perturbante.

Foi visto um grupo de míudos que se divertiam a apedrejar e tortura uma gata. Uma senhora viu, chamou-os à atenção e eles ainda ameaçaram fazer o mesmo ao cão dela. As criaturas, cobardes (como seria de esperar), com medo que a senhora chamasse a polícia, fugiram.

Quando viram a gata, encontraram-na num estado inimaginável: A gatinha estava esticada no meio de uma grande poça de sangue com o olhinho quase a cair miando a pedir ajuda. A pedra era ENORME e tal não foram as pancadas que o olho tem de ser removido. A cauda está de tal forma maltratada que necessita também de ser amputada.

A avaliar pelos hematomas, buracos e por tudo o resto, quem a levou ao veterinário pensou que iriam abater o pequeno e fustigado animal. No entanto, o doutor diz que ela pode salvar-se, pois não tem lesões na espinha. Apesar de toda a dor que tem, não arranhou, não se virou, apenas se deixou estar.

Estas reações são típicas em animais extremamente abusados. O meu cão era assim, e também um cão que vive na rua, perto de uma amiga minha, que também foi vítima de 3 rapazes que lhe enfiaram um pão no anûs. O animal foi operado, e agora está bem. Mas ao contrário do que sucedeu com quem viu o que fez à gatinha, houve uma mulher que viu quem fez mal ao cão. Mas não abriu a boca a dizer quem foi. Porquê? Porque tem um café onde pára muita gente jovem (provavelmente até os 3 monstros), e não quer perder clientela.

De todo o modo, se quiserem, e puderem, ajudar na recuperação desta gata, basta que façam um donativo, mesmo que de 2 ou 3 euros, para a conta do filho menor da senhora que está a cuidar da gata (e está desempregada, e já tem outros 2 animais que lhe dão bastantes despesas):

NIB: 003300004536858828605
Banco: Millennium BCP
O primeiro nome do titular da conta é Diogo.

Obrigada pela vossa ajuda.

Não coloco as fotos que vieram com o e-mail porque são demasiado chocantes.

4 comentários:

Cindy disse...

dass, deviam fazer o mesmo a esta gente!

Deusa disse...

Já ajudei também...é o mínimo.

Deusa disse...

Já ajudei também. É o mínimo. A crueldade deste tipo deve ser castigada e tratada.

Feather disse...

Obrigada a todos! Infelizmente, em Portugal os animais não têm qualquer tipo de protecção ou lei.

Caramba, agora a Ministra da Cultura quer criar um pelouro específico para a Tauromaquia!!!!